terça-feira, 29 de abril de 2008

Em primeiro lugar...

... a gente sempre ouve, e sempre fala, que precisa se colocar em primeiro lugar SEMPRE. Mas, o que vemos por aí, pelas experiências que vivemos e ouvimos, é fácil perceber que, na maioria das vezes, a gente se coloca mesmo em segundo, até terceiro ou mesmo quarto lugar. Sobretudo nós, mulheres. Culpa de nossa criação, claro.

Desde pequenas recebemos bonecas para brincarmos de mãe e aprendemos que é preciso colocar os filhos na frente. Não que isso seja mentira, mas acabamos ampliando esta proposta para outros setores de nossas vidas. Com isso, é comum a gente abrir mão de fazer algo que gosta para agradar uma amiga, um chefe, um vizinho, um namorado. E assim, sem perceber, a gente vai deixando de lado algumas coisas.

Bem, antes tarde que nunca. Eu decidi mudar. Decidi fazer coisas que me dão prazer, decidi me colocar em primeiro lugar. Claro que há muitas implicâncias aí. Alguns vão achar que estou antipática, que já não topo os mesmos programas que antes. Outros vão me chamar de egoísta. Ok, Ok, pense o que quiser.

Na verdade, to até pensando em fazer um cronograma de eventos. E isso é sério. Já percebeu que os homens sempre têm seus programas sagrados? O futebol de terça. O chope de quinta. Pode ser aniversário da sua mãe, mesmo assim, o cara vai jogar bola. Tb quero ter meu futebol de terça, no sentido figurado, claro. Até agora defini apenas que segunda é o dia de cuidar da mente e do corpo. Voltei pra acupuntura e de lá já emendo na terapia. Preciso cuidar mais de mim, antes que desabe com o mundo ao meu redor.

Claro que isso tudo não é à toa. Tenho pensado muito. Nem mesmo meu corte de cabelo foi à toa. Quero mesmo mudar. Vou conseguir.

Um comentário:

drika disse...

te apoio totalmente!