sábado, 26 de abril de 2008

To chocadaaaaaa

O ser humano não tem mesmo limites para a escrotidão. Uma amiga médica, linda, inteligente, bacana,.... acaba de me ligar. Ela queria me pedir para que eu a chamasse para sair à noite. Motivo: ela descobriu que o cara que ela namorava há 5 (CINCO) anos está casado há pelo menos um ano. Como assim????????????????

O cara frequentava a casa dela, conhecia a mãe, a filha, a avó. Saía com ela sábado à noite e tal... um escroto. Mega escroto. Ela, claro, quer que geral saiba que o cara não presta. Vai lá: ele é um importante médico do São Lucas e casou com a enfermeira-chefe de lá.

Pior, ela soube pelo ex-marido. Que bizarro. O cara tava malhando e viu no mural da academia uma foto do ex-namorado-escroto-pra-caralho e comentou com o dono da acadimia: "Este aqui é namorado da minha ex-mullher". Foi qdo o cara disse que não poderia ser pq ele era casado.

O ex-marido contou para esta amiga que, pasma, não acreditou. Até que ela teve um momento de lucidez e colocou o nome do cara no google. Não foi que apareceu ali um agradecimento de determinada igreja evangélica que ele frequenta. Agradeciam ao Dr escrotinho de tal e sua esposa xxx. Bizarro ao quadrado.

Ela, óbeveo, confrontou o cara e ele teve a megacaradepau de negar. Como assim? Pq negar o óbeveo???? O que ela fez? Reuniu todos os presentes que o cara tinha dado pra ela nos últimos cinco anos, inclusive uma foto dele com a família dela num carnaval no sambódromo e mandou pra mulher dele. Sim, mandou entregar lá no hospital onde ela trabalha, com recadinho e tudo. Mandou bem amiga.

Pode deixar que vamos nos divertir muito. Sempre há solução e foi melhor que este cara maluco, psicho total, que mantinha duas mulheres, saísse logo da sua vida. Antes só, que mal acompanhada.

2 comentários:

drika disse...

meodeos! e eu reclamando da vida...
aff
será que tá rolando uma epidemia de calhordas???

Anônimo disse...

Não falta cachorro nesta cidade. Vou abandonar o Rio.